10 artistas que fizeram seus próprios festivais

Lollapalooza, Mainstreet Festival, KnotFest e Plantão Festival são alguns festivais que foram idealizados por cantores e bandas. 

Nem sempre sabemos quem está por trás da idealização, produção e curadoria de festivais e às vezes podemos nos surpreender ao descobrir que um artista que curtimos colocou um festival no mundo. Vem com a gente e confira quem está nessa lista:

1. JANE’S ADDICTION, LOLLAPALOOZA

Jane’s Addiction no Lollapalooza Brasil 2023. Foto: Fábio Tito.

O Lollapalooza foi fundado em 1991 por Perry Farrell, vocalista do Jane’s Addiction. Inicialmente, o festival era para ser só uma turnê de despedida da banda, que nasceu em meados dos anos 80 e foi referência do rock alternativo da época. A turnê rodou a América do Norte, com outras bandas como Siouxsie and the Banshees e Living Colour. 

No fim, a banda realmente acabou, mas o Lollapalooza foi crescendo cada vez mais e hoje é um dos maiores festivais de música do mundo. Desde então, houveram algumas tentativas de reunião da Jane’s Addiction como a gravação de álbuns em 2003 e 2011, e alguns shows ao longo do caminho. Na última edição do Lolla Brasil, a banda se apresentou quase com a formação original, exceto  pelo guitarrista Dave Navarro, que vem sofrendo da Covid longa e precisou ser substituído. 

2. BLACK ALIEN, FESTIVAL EXTRAPUNK EXTRAFUNK

Black Alien no Festival Extrapunk Extrafunk. Foto: Reprodução/Instagram.

Extrapunk Extrafunk é o nome do selo e produtora de Black Alien, mas também foi nome do festival que, em 2022, foi realizado em comemoração aos 50 anos do rapper. O evento aconteceu em São Paulo e contou com shows de artistas como Ebony, Tasha & Tracie e Major RD, e realizou encontros como de Black Pantera e Monna Brutal, e Beats Brasílis Orquestra convidando Anelis Assumpção e Jonathan Ferr, além do show do próprio Black Alien. 

3. MATUÊ, PLANTÃO FESTIVAL

Matuê. Foto: Reprodução.

Marcado para dia 20 de abril, a 1ª edição do Plantão Festival está sendo realizada pela 30praum, produtora de Matuê, que também está por trás da curadoria do festival. O Plantão acontece em Fortaleza, cidade natal do rapper e tem como objetivo colocar em evidência artistas nordestinos da cena e disseminar a cultura do rap e do trap na região. Nomes como WIU, Teto, Djonga, Marcelo D2 e o próprio Matuê estarão por lá. 

4. SLIPKNOT, KNOTFEST

Slipknot no palco do KnotFest. Foto: Reprodução.

O Knotfest é um festival de heavy rock e metal, criado pela banda Slipknot. O evento leva a experiência de uma espécie de circo sombrio que além de apresentar a banda realizadora como headliner, também carrega no line bandas do mesmo segmento, como A Day To Remember e Trivium. 

A primeira edição do Knotfest rolou em 2012, mas foi a partir de 2014 que o festival se tornou anual e já passou por países como Estados Unidos, Japão, Austrália, México e França. Em dezembro de 2022, o festival desembarcou pela primeira vez no Brasil e no line, trouxe bandas como Bring Me The Horizon, Judas Priest, Pantera e a brasileira Sepultura.

5. OROCHI, MAINSTREET FESTIVAL

Orochi. Foto: Reprodução.

Mainstreet é o nome da gravadora do rapper Orochi e agora também dá nome ao festival que vai reunir grandes nomes do rap. O line up traz artistas da própria gravadora, como Orochi, Poze, Borges, Oruam, Chefin, Bin, Dfideliz, Raffé, Bielzin, PL Quest, Leviano e A MATILHA, mas também outros grandes nomes da cena como Djonga, MC Cabelinho, Teto, Xamã e Slipamami (uma das apostas do Mapa dos Festivais para os lines deste ano). Wiz Khalifa será o headliner da noite. A primeira edição do Mainstreet Festival vai rolar no dia 05 de maio de 2023.

6. ANAVITÓRIA, FESTIVAL NAVE

Anavitória no palco do Festival NAVE. Foto: Smoke Fotografia.

Em 2019, aconteceu o NAVE – O Festival das Anavitória, idealizado pelo duo junto ao seu empresário Felipe Simas. O nome NAVE faz uma analogia a uma nave mãe, ao mesmo tempo que brinca com o nome da dupla. O evento reuniu nomes populares da nova MPB como Vitor Kley, Lagum, Melim, OutroEu, Hotelo e, claro, as Anavitória, além de outras participações especiais. Foi a primeira e única edição do festival. 

7. MATANZA, MATANZA FEST

Matanza no palco do Matanza Fest. Foto: Reprodução/Facebook.

O Matanza Fest teve sua primeira edição em 2012 e sua última edição em 2018, quando a banda chegou ao fim, após 22 anos de carreira. Durante esses 6 anos, o Matanza Fest passou por diversas cidades brasileiras como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Brasília, Fortaleza, Salvador, entre outras, com um line up sempre diversificado com bandas da cena do rock nacional.

8. LAGUM, A ILHA FESTIVAL

A Ilha Festival. Foto: BS Fotografias/Nelson Avelar

Em 2022, com a proposta de oferecer ao público um mergulho na cena musical mineira, a banda Lagum realizou a primeira edição do seu próprio festival: A ilha. Na cidade natal do grupo, o evento aconteceu no Mineirão e reuniu mais de 15 atrações no palco, como Marcelo D2, Daparte, Gabriel do Borel, FBC, e a própria Lagum. Além de outros convidados como Rubel, Anavitória e Melim. 

9. LUAN SANTANA, LUAN CITY FESTIVAL

Luan City Festival. Foto: Lavínia Souza.

A primeira edição do Luan City Festival aconteceu em Goiânia, em 2022, mas é durante o ano de 2023 que Luan Santana vai passar por algumas cidades do Brasil levando seu próprio festival. O evento está previsto para desembarcar nas cidades de São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Salvador e Rio de Janeiro. 

Além de uma longa apresentação de Luan, nomes como Léo Santana, Gustavo Mioto, Ryan SP, Ludmilla e Wesley Safadão estão escalados para preencher o line up. 

10. ANGRA, ANGRA FEST

Banda Angra no palco no Angra Fest em Curitiba. Foto: Fernanda Goularte.

Idealizado pela banda Angra, o Angra Fest teve sua primeira edição em 2017. O festival conta com uma mistura de música, cultura e atitude, acontecendo em várias cidades do Brasil, com a finalidade de apoiar a união do rock no país. Além da Angra, diversas outras bandas do segmento se apresentam no festival.

Este ano de 2023, o festival aconteceu durante o mês de março reuniu as bandas Matanza Ritual e Viper, além de convidados como Malvada, Electric Mob, Supercombo e Braza, passando pelos estados do Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul.

Para se manter antenado em tudo o que rola nos festivais brasileiros, acompanhe a gente pelo Instagram (@mapadosfestivais) e fique sempre de olho no nosso buscador de festivais, acesse aqui

Compartilhe: